Welcome visitor you can Login or Register

FLORES QUE DECORAM E ALIMENTAM

O tema não é novo e certamente você já comeu o brócolis, a couve-flor e a alcachofra, mas não percebeu que fossem flores comestíveis.
O amor-perfeito, borago, calêndula, camomila, cravinha, cravo tunico, sardinheira, girassol, petúnia e a prímula são também outras plantas do universo ornamental consideradas plantas não venenosas e que podem ser saboreadas.

Nem tudo se come

É importante lembrar que as flores utilizadas na alimentação não são as mesmas comercializadas em floriculturas ou gardens-centers, pois essas são cultivadas com produtos químicos que podem causar sérios problemas para a saúde. Portanto, adquira as flores comestíveis de produtores especializados.

As flores são cultivadas o ano inteiro e se propagam através das mudas em ambientes quentes, com proteção contra a chuva para não danificar as flores. A adubação e o uso dos defensivos contra as pragas não podem ser os mesmos de uso comercial. Utiliza-se, em seu cultivo, apenas produtos e defensivos naturais e orgânicos, e nenhum tipo de agrotóxico ou tratamento químico nocivo à saúde humana.

Capuchinha (Nastúrcio) – De nome científico “Tropaeolum Majus”, a capuchinha é uma flor comestível de sabor parecido com o do agrião e pode ser plantada com facilidade no quintal como parte de uma horta doméstica. Uma das flores mais usadas em restaurantes finos, que geralmente usam suas folhas e flores em saladas. É rica em vitamina C e, segundo os especialistas, apresenta propriedades digestivas.

Calêndula – Esta flor acrescenta um colorido muito bonito à salada, mas o miolo deve ser retirado na hora de comer. O uso da calêndula na alimentação não é recente: há muitos anos ela já era utilizada por ser um bom corante para caldas e bolos.

Amor-perfeito – Esta flor é bem versátil e bonita. Pode ser usada tanto nas saladas como para decorar as sobremesas. Com a vantagem que podemos comer também a decoração!

Rosa – Além do visual, a rosa acrescenta um suave perfume aos pratos que acompanha. É muito usada para aromatizar e decorar doces com caldas e é irresistível numa salada.

Geléia de Rosa-Ferva 600 ml de água em uma panela tampada por 15 min e acrescente 450 gramas de pétalas de rosas bem lavadas. Deixe ferver por mais 5 min e adicione o suco de 2 limões e 450 gramas de açúcar. Deixe engrossar bem. Para saber se a geléia está na consistência certa, pingue um pouco em um pires frio, se não endurecer, continue na fervura. Por fim, acrescente uma colher de sopa de água de rosa, deixe esfriar e conserve em frascos esterilizados.

Água-de-rosas-Pegue 25 pétalas de rosa de qualquer cor, lave-as bem e deixe-as mergulhadas em um litro de água fervente. Tampe o recipiente e deixe-o assim por 24 horas. Passado esse tempo, filtre o chá com a ajuda de um coador de papel e está pronta a água-de-rosas. A aplicação dessa solução é indicada para os casos de estomatite e inflamação nos olhos e na garganta.

Máscara-de-beleza – Rale uma maçã média e acrescente água-de-rosas até que a mistura ganhe uma consistência cremosa. Aplique no rosto e deixe agir por 10 min e enxague com água fria. A máscara dá brilho e elasticidade à pele.

Borago – Também conhecida como borragem. É uma planta medicinal (Borago officinalis) usada como expectorante das vias respiratórias e fornece certa dose de vitamina C. Algumas pessoas acham seu sabor semelhante ao do pepino. As folhas são usadas em compressas para suavizar problemas de pele.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Copyright Feira de Flores | 2018
X