Feira de Flores

  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size

A MAGIA DA TULIPA

tulipa

Como que saída dos contos das mil e uma noites, há séculos a tulipa vem fascinando o leste asiático e o oeste europeu por sua beleza mágica. O nome tulipa é originário da Turquia (TÜLBENT) e da Pérsia - atual Irã- (DULBAND), que significa TURBANTE, o paramento típico que os orientais utilizam na cabeça.

turbante

Originária de regiões com inverno longo e frio, e verão quente e seco como a Turquia, Arménia, Pérsia e regiões do Calcásio e Mar Negro, as tulipas foram levadas para a Europa a partir do ano 1000 d.c. por comerciantes turcos, graças à facilidade de transportar seus bulbos, que se assemelham a uma cebola, e que, durante a longa caminhada até chegarem aos seus destinos, já estavam começando a brotação.

A ERA DA TULIPA

O sultão otomano MAOMÉ II, em 1453, depois de capturar Constantinopla e até a extinção do Império Bisantino, em 1566, impôs a ERA DA TULIPA, sendo essas flores largamente usadas em todos os jardins da Turquia, decoração de azulejos e cerâmicas. Nessa época, a tulipa era o símbolo da alegria na civilização otomana.

tulipa_azulejo

TULIPAMANIA

As tulipas tiveram seu auge na Holanda, de 1623 a 1637, quando um simples bulbo (semelhante a uma cebola), era vendido por 1,000 florins (equivalente a cerca de R$ 1.300,00) em 1623, passando para 3,000 florins em 1625 e chegando a 30,000 florins por três bulbos em 1637 (equivalente a 40 mil reais), que naquela época correspondia a 40 vacas ou 160 porcos. Essa fase ficou conhecida por TULIPAMANIE ou TULIPAMANIA.

holanda_tulipa

A FLOR PERFEITA

A maior magia da tulipa está no fato de ser a “flor perfeita”. Suas cores fortes e aveludadas, bem desenhadas, impressionam pela simplicidade de seus galhos em forma de “S”. Das sete espécies mais cultivadas, a mais procurada é a “Prominence” de cor vermelha compacta. As demais são a “Capri “, a “White Dream” de cor branca, a “Ad Rem” de cor vermelha e pontas amarelas, e a “Amor Verdadeiro”, com formato de cálice na cor vermelha, e a “Avignon”, levemente alaranjada.

tulipas_variadas

O SEGREDO DO CULTIVO EM CASA

O segredo no cultivo da tulipa está no bulbo, espécie de cebola que fica enterrada na terra. Um mês após o florescimento, arranca-se o bulbo e os bulbinhos, tira-se as folhas e deixa por 3 meses em local fresco e sem sol direto, temperatura de 20 a 25 graus C. Planta-se em terra vegetal umida, deixando por 6 meses na geladeira entre 2 e 5 graus C, depois deixa-se em lugar fresco, não precisa de claridade para florescer. O segredo está no bulbo, que está cheio de energia. Nesse período, manter a terra úmida, molhando de 3 a 4 vezes por semana. A durabilidade da tulipa é eterna se bem conservado seu bulbo, razão que se espalhou pelos quatro continentes. Após cada floração, basta-se repetir os passos acima. Boa sorte.

tulipa_bulbo

Você está aqui: Artigos A MAGIA DA TULIPA
Desenvolvido por Fabricando Sites Agencia Web Consultoria Web SEO Hospedagem Informática Advocacia